terça-feira, 2 de agosto de 2011

Jardins

São maravilhosos, neles meditamos, choramos, rimos. Seus bancos servem para sentarmos e contemplarmos os pássaros, as flores, o lagarto passeando e a água da nascente fazendo um som calmante. São momentos únicos em nossas vidas, jamais esquecidos. Seja no nosso jardim, nos jardins suspensos da Babilônia (em sonho) ou nos jardins da pedra da cebola, nos dias das mães de 2009. Para mim os jardins são sempre miraculosos e com certeza Deus está ali.

Jardins do Parque da Pedra da Cebola.
Vitória, ES-Brasil.



Jardins do Parque da Pedra da Cebola maio 2009
De azul, atrás, meu filho. Da esquerda para a direita, frente,
Eloah-sobrinha, Guilhermina-mamãe, Roney-sobrinho,Ludmilla-sobrinha

Leila em pé-irmã, Sentados atrás, Matheus e Ione-irmãos, sentados à frente Roney, Eloah e Thiago.
Ione e Eloah, comtemplação



Gostaram?
Ultimamente estou tão curiosa... (Plagiando minha amiga Camila)
Deixe o seu comentário
Vou adorar!

4 comentários:

  1. Olá Virginia

    Eu sou Kinha do blog AMIGA DA MODA e vim conhecer seu espaço que é lindo e interessante e por isto já estou te seguindo. Vou aguardar a sua visita e ficarei feliz se me seguir também.
    QUER GANHAR UMA JOIA? A designer Eliana Colognese criou um belíssimo anel e gostaríamos muito de contar com a sua participação. Faça a sua inscrição no blog e...Boa Sorte

    Bjooooooooooo...................
    http://amigadamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Linda a partilha...
    O seu blogue tem sido um caminho a descobrir para mim. Nunca o deixe morrer. A blogosfera ficaria mais pobre...

    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Virginia,

    Eu não conheço esse lugar. É lindo demais!
    Essas fotos ficaram maravilhosas!
    Estou voltando aos poucos. Fico feliz em saber que você está buscando inspirações.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Num lugar assim, dá pra esquecer da vida e ficar apreciando as maravilhas que estão à nossa disposição.
    Bjs.

    ResponderExcluir

O Arte Livre Vimajê fica muito feliz com o seu comentário.
Quando a curiosidade mata um gato. Não me deixe morrer. Muito obrigada pela gentiliza. Abraços.

Related Posts with Thumbnails